Deprecated: Elementor\DB::is_built_with_elementor está obsoleto desde a versão 3.2.0! Use Plugin::$instance->documents->get( $post_id )->is_built_with_elementor() em seu lugar. in /home/u840154243/domains/pressaoalta.com.br/public_html/wp-includes/functions.php on line 5211
Colesterol bom e ruim: confira as diferenças - Pressão Alta

O site Pressão Alta é um portal de conteúdo de saúde e bem estar.

colesterol_bom_ruim_diferenças

Colesterol bom e ruim: confira as diferenças

O colesterol é uma substância encontrada naturalmente no corpo humano e tem um papel específico: de promover a funcionalidade das células. Por outro lado, apesar dessa importância, o acúmulo no sangue pode ser prejudicial e aumenta os riscos de doenças do coração.

Por mais que seja visto como um grande problema, é necessário entender alguns pontos a respeito do colesterol e quando ele assume um patamar de preocupação ou quando pode ser visto de forma positiva.

Entenda a seguir:

O que é?

Para entender as diferenças dos tipos de colesterol, é necessário compreender o que o termo abriga. O colesterol é um tipo de gordura que está presente no corpo de forma natural e é essencial para o bom funcionamento de vários aspectos dele.

Mas é necessário entender que os níveis podem indicar problemas de saúde. Outro ponto que deve ser levado em consideração nesse entendimento é o fato de que existem dois tipos: o chamado colesterol bom e o ruim, que em termos médicos são conhecidos como HDL e LDL, respectivamente.

Ambos os tipos de colesterol precisam estar em equilíbrio no organismo humano para que não causem problemas de saúde. E alguns hábitos alimentares e situações ajudam a promover isso.

HDL: colesterol bom

Conhecido popularmente como o colesterol bom, o HDL tem uma função distinta. Ele promove a retirada do depósito de moléculas de colesterol e as encaminha até o fígado. Nesse órgão, elas serão preparadas e metabolizadas pelo organismo.

Entre as moléculas que são removidas pelo colesterol bom, está também o LDL, que é o chamado colesterol ruim. Assim, se estas ficam acumuladas nos vasos sanguíneos, podem provocar doenças cardiovasculares. O nível ideal do bom é maior que 40mg/dl.

LDL: colesterol ruim

O LDL é o colesterol ruim. Ele possui uma ação diferente e realiza a formação de placas de gordura que se infiltrarão nas paredes de vasos, veias e artérias.

Esse acúmulo, com o tempo, causará vários problemas ao serem depositados nas veias, principalmente pelo fato de que estas impedirão a passagem do sangue para o coração, que ficará obstruído devido ao depósito em excesso de gordura.

Assim, o aumento das taxas de LDL pode causar vários problemas graves, como as doenças do coração, causando infartos e outras situações. Os valores do LDL devem ser referenciados de acordo com os riscos, mas ele deve ser mantido abaixo de 190mg/dl.

Fatores que contribuem para o aumento do colesterol

Levando em consideração os malefícios e os benefícios do colesterol ruim e do bom, é importante se atentar para alguns fatores que podem contribuir para essas questões.

Isso acontece porque existem práticas, como o consumo de bebidas alcoólicas, comidas gorduras e com muito açúcar, que podem aumentar essas taxas.

Outro ponto a ser mencionado é que o sedentarismo também contribui para isso porque não existe perda de gordura, que geralmente é promovida por atividades e exercícios físicos.

Além dessas questões, ele também pode sofrer com alterações provocadas por outras doenças, como o diabetes. O estresse e o uso de alguns medicamentos também causam esse tipo de influência.

Adote hábitos saudáveis para diminuir o ruim

Alguns hábitos podem ajudar na batalha para diminuir os níveis de colesterol ruim no corpo e conquistar uma vida mais saudável. É importante se atentar a essas questões porque existem formas de modificar esse cenário e diminuir as taxas de colesterol.

Para conseguir combater as altas taxas de colesterol ruim, é importante adotar hábitos alimentares mais saudáveis, consumindo produtos que sejam positivos para a sua saúde, como modificar o tipo de óleo usado na sua alimentação para azeite de oliva extra virgem.

Adicionar mais frutas à alimentação, em especial as que contam com fibras, vitaminas, antioxidantes e minerais em quantidades altas, ajudará a combater o colesterol alto. Alguns cereais e grãos, como a linhaça, possuem ômega 3, que é capaz de combater o avanço do LDL.

Portanto, as melhores medidas a serem tomadas estão relacionadas a uma dieta mais saudável, com uma alimentação balanceada, com alimentos de diversos grupos que possam auxiliar nesse controle.

Lembre-se de sempre procurar um profissional para ter uma dieta balanceada!

Quer saber mais sobre assuntos como este? Acesse nossa página no Instagram e fique por dentro de tudo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *