O site Pressão Alta é um portal de conteúdo de saúde e bem estar.

Consumo de chocolate

Mitos e verdades sobre o consumo de chocolate

O chocolate é talvez um dos doces mais consumidos pelas pessoas. Suas versões amargo e meio amargo, por possuírem mais cacau, fornecem diversos benefícios para a nossa saúde.

Porém, existem diversos mitos entre este doce maravilhoso. Procurando esclarecer as possíveis dúvidas que você já pode ter tido sobre o chocolate, criamos este artigo com alguns dos mitos e verdades sobre o consumo de chocolate.

Chocolate: mitos e verdades

Mito: É UM influenciaDOR no aumento de colesterol ruim

Começamos com este grande mito de que o chocolate pode aumentar o colesterol ruim. Na sua versão amarga, por exemplo, ele possui substâncias que diminuem a oxidação do colesterol ruim e ainda ajuda a diminuir as doenças do coração, com um melhor fluxo sanguíneo.

Verdade: ELE ajuda a combater ansiedade

Além de reduzir a ansiedade e o estresse, o chocolate tem nutrientes que estimulam a produção de serotonina e endorfina, aumentando aquela ótima sensação de bem-estar e felicidade.

Mito: ELE causa acne

Sendo um dos mitos mais polêmicos sobre a guloseima, um pensamento de senso comum é pensar que um doce com gorduras é causador de acne.

Porém, existem estudos e pesquisas que comprovam que o seu consumo não tem relação alguma com isso. Essa situação pode ser ocasionada em relação a outros fatores em cada indivíduo, portanto não é regra.

Verdade: chocolate branco não é de fato chocolate

Apesar de se chamar chocolate branco, ele não se enquadra tecnicamente como um chocolate, já que não possui cacau na composição. Esta versão do doce é feita com a manteiga de cacau no lugar, e os outros ingredientes básicos do chocolate.

Mito: o diet é melhor para quem faz dieta

Mesmo tendo menos açúcar, são acrescentadas maiores quantidades de gordura para que o sabor seja equiparado as versões convencionais.

Por conta disso, não se recomenda o seu consumo para quem faz dietas, mas sim para quem tem restrições com o açúcar. Para o consumo de forma saudável, as versões amargas e meio amargas são a alternativa correta.

Verdade: ELE é afrodisíaco

O cacau, principal substância do chocolate, contém uma substância chamada de feniletilamina, que estimula o hipotálamo e aumenta o desejo sexual.

Mito: ELE acelera o envelhecimento

Muito pelo contrário! O consumo de chocolate garante ótimos benefícios para a pele e para a saúde, por conta das substâncias antioxidantes como magnésio e potássio que auxiliam na prevenção do envelhecimento.

Verdade: quanto mais escuro FOR, melhor

A cor está principalmente atrelada a quantidade de cacau na sua composição. Os chocolates mais escuros dispõem de mais cacau e são mais amargos, tendo menos açúcares e gorduras, trazendo mais benefícios para a saúde.

Chocolate faz bem!

Por conta do cacau, o chocolate se torna um doce que se consumido moderadamente e de preferências nas suas versões com maior concentração de cacau, garante a prevenção de doenças no coração e ótimos efeitos para a saúde. O ideal é consumir 6 gramas diárias para dispor das suas ótimas qualidades.

Lembre-se se caso você tenha diabetes, fique atento para não exagerar, ou procure algum que possua pouco ou nenhum açucar.

Gostou do conteúdo? Nos siga no Instagram e acompanhe as atualizações!

1 comentário em “Mitos e verdades sobre o consumo de chocolate”

  1. Eu acredito bque chocolate faça mais o bem do mal.. Mas os chocolates que estão sendo oferecido ao povo brasileiro, pode não estar dentro nos padrões que deveriam estar para o bem.. O chocolate hj tem mais hidrogenada do que chocolate.bem tds sabem. A vigilância para que os chocolates faca so o bem. Precisaria ser mais fiscalizada..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *