O site Pressão Alta é um portal de conteúdo de saúde e bem estar.

dormir pressão alta

Saiba se é perigoso dormir com a pressão alta

Doença que acomete cerca de 30% da população brasileira, a hipertensão pode gerar consequências graves para quem sofre com o mal, desde problemas de memória até a morte. Hoje, a doença mata mais de 10 milhões de pessoas no mundo por ano. Ocorre que muitos hipertensos se preocupam com a doença ao longo do dia, mas se esquecem que ela também pode aparecer durante a noite, na hora do sono. Mas, afinal, é perigoso dormir com a pressão alta?

É o que veremos agora. Confira!

O que acontece com a pressão à noite

Para entender sobre os riscos de se dormir com a pressão alta, é importante esclarecer qual é o comportamento “padrão” da pressão arterial ao longo do dia.

Em pessoas sem a doença, a pressão deve diminuir de noite, num efeito chamado de inversão. Assim, os níveis devem ficar em até 12 por 7 na hora de dormir.

No entanto, no caso dos hipertensos, a situação pode ser diferente, ocorrendo o que se chama de inversão reversa, com a pressão arterial se mantendo estável ou mesmo subindo durante a noite.

Isso pode ocorrer também durante o sono, o que exige uma avaliação especializada.

Quais os riscos de dormir com a pressão alta

Os problemas da pressão alta ao dormir são semelhantes aos da hipertensão durante o dia. Em casos graves, isso aumenta o risco de infarto, derrame cerebral e paralisação dos rins , mas também pode gerar consequências a longo prazo.

O paciente que não controla a pressão arterial antes de dormir pode sofrer apneia do sono, obesidade, resistência insulínica e até perda de memória.

Atenção aos sinais

Essas consequências da pressão alta noturna podem ser sentidas pelo paciente ao longo do dia seguinte.

Então bom ficar atento, pois caso o hipertenso esteja notando sinais de cansaço ou mesmo lapsos de memória, talvez isso seja consequência do aumento da pressão durante a noite, causando distúrbios paralelos.

De qualquer forma, a chance de lesões cerebrais e problemas cardiovasculares também é sempre presente em quem sofre com pressão alta noturna. Ou seja, não faltam motivos para ficar de olho no nível da pressão arterial.

O que fazer para controlar a pressão noturna

Agora que você sabe os perigos de dormir com a pressão alta, vamos tratar sobre como combater esse mal.

A medicina segue estudando e discutindo essa possibilidade, mas tomar o remédio para hipertensão antes de dormir vem se mostrando uma boa alternativa. É o que demonstrou um estudo feito por pesquisadores espanhóis .

Os cientistas acompanharam um grupo de 19 mil hipertensos por pouco mais de seis anos e obtiveram um resultado bem interessante: tomar o remédio para hipertensão na hora de ir dormir reduz em 46% o risco de morte por doença cardiovascular.

A chance de infartos do miocárdio também cai 34%, bem como os acidentes cerebrais, com redução estimada de 49%.

Pressão controlada também durante o dia

O que este mesmo estudo também demonstrou é que tomar o remédio de noite não altera o controle da pressão durante o dia, já que os níveis dos pacientes acompanhados se mantiveram baixos depois do amanhecer.

Mas antes de mudar o horário, vale o lembrete: converse com seu médico para definir qual é o tratamento ideal para o seu caso de hipertensão.

Gostou deste conteúdo e que saber mais? Acompanhe as publicações no nosso Instagram e fique de olho nas novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *