O que é mais saudável no café: açúcar ou adoçante artificial?

Vencedor: açúcar. Isso, opte pelo que é real. Não porque os adoçantes não sejam seguros, mas a premissa de que deveríamos comer “comida de verdade” e com moderação é convincente.O organismo sabe lidar com o açúcar (ou seja, ele é queimado para produzir energia e, se ingerido em excesso, o resto é armazenado como gordura). Novas pesquisas com animais, porém, indicam que o hábito de usar o adoçante artificial pode interferir no metabolismo e na regulação da glicemia e, talvez, até contribuir para o aumento de peso e para a intolerância à glicose.(Uma exceção possível: os diabéticos, que têm de controlar a glicemia coma tenção, devem conversar com o médico sobre a opção mais saudável para eles.)No entanto, mais importante do que adoçar o café é a ingestão total de açúcar ou adoçantes.A Organização Mundial da Saúde diz que os adultos deveriam limitar a ingestão de açúcar a cerca de seis colheres (chá) por dia. Embora o limite para adoçantes recomendado pela FDA varie, seria bom não usar mais do que dois pacotinhos por dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *