DESCUBRA O QUE É A HIPERTENSÃO MASCARADA E QUAIS SÃO OS SINTOMAS

A hipertensão é caracterizada pelo nível elevado de pressão sanguínea nas artérias. É um problema que pode ser facilmente diagnosticado, além de ser motivo de preocupação e de cuidados para boa parte da população. No entanto, existe uma condição ainda mais perigosa, mas pouco conhecida e reconhecida, que é a hipertensão mascarada.A hipertensão mascarada também é silenciosa e merece atenção redobrada. Por isso, reunimos neste post o que você precisa saber sobre tal quadro: sintomas, causas, riscos e muito mais. Acompanhe e tire suas dúvidas.

O que é hipertensão mascarada?

A hipertensão mascarada se caracteriza pela normalidade do nível de pressão arterial, quando aferido em consultório médico, mas, acima da normalidade, ao ser medido fora do ambiente médico-hospitalar.Vale lembrar que os números do nível de pressão ideais estão abaixo de 140 x 90 mmHg. Contudo, os índices aproximados a esse valor pré hipertensão, se frequentes, podem apontar uma hipertensão.Pesquisa recente demonstrou que 24,7% dos brasileiros afirmaram ter o diagnóstico de hipertensão, porém, essa porcentagem não inclui de maneira precisa quem sofre de hipertensão mascarada, uma vez que a condição pode passar despercebida pela avaliação médica.

Quais são os sintomas?

Tanto a hipertensão quanto hipertensão mascarada, nem sempre apresenta sintomas, justamente por se tratar de uma doença furtiva. Isso significa que o paciente pode desenvolver a hipertensão e piorar o estado de saúde sem perceber as alterações no corpo. Pacientes com hipertensão grave geralmente apresentam falta de ar, dor de cabeça e comprometimento da visão.

O que pode ocasionar esse problema?

As causas da hipertensão mascarada ainda são motivos de controvérsia na comunidade médica, mas os fatores com mais ligação a tal condição são o tabagismo, sedentarismo, consumo exagerado de bebidas alcoólicas e o estresse.

Quais são os riscos?

A hipertensão mascarada geralmente aumenta os riscos de prejuízo em órgãos que normalmente são atingidos pela hipertensão, diminuindo a qualidade de vida do paciente. A visão e os rins, por exemplo, são bastante afetados pela pressão alta.Em casos graves, a evolução da hipertensão, sem o devido tratamento médico, pode até levar à insuficiência renal ou à cegueira.

Como é o diagnóstico de hipertensão mascarada?

O diagnóstico de hipertensão mascarada exige a medida da pressão arterial fora do ambiente do consultório. Deve ser suspeitado pela informação do paciente, que tendo um equipamento de medir a pressão em casa, desperta o médico para o fato de ter a pressão sempre alta, quando ele próprio avalia. Mesmo quando o paciente já chega para consulta com alterações no coração ou no cérebro, rins ou vasos, o médico percebe que no consultório a sua pressão está normal. Por isso, muitas vezes a descoberta é feita pelo paciente, que monitora a sua pressão arterial em casa e, a partir disso, procura ajuda médica.O monitoramento frequente da pressão arterial é o único modo de identificar a hipertensão mascarada. Em casos de suspeita, é comum que os médicos recomendem o exame mapa 24h, Em casos de suspeita, é comum que os médicos recomendem o exame MAPA 24h ou MAPA5d. Trata-se de um aparelho compacto que é programado para aferir a pressão de forma periódica e automática. Colocaria : Os dois métodos avaliam a pressão arterial fora do ambiente do consultório. O primeiro monitora a pressão na vigilia e no sono de 24 horas, e o segundo na vigília de 4 dias). Trata-se de um aparelho compacto que é programado para aferir a pressão de forma periódica e automática.A partir do diagnóstico, é sugerido o tratamento para a hipertensão, composto pelo uso de medicações anti-hipertensivas, redução de sal na dieta, prática de atividades físicas, controle do colesterol, entre outras ações. Lembrando que, para a prevenção da hipertensão mascarada, esses cuidados devem ser aplicados junto ao monitoramento frequente da pressão arterial em casaSe você quiser ter acesso a outras informações e novidades sobre saúde e bem-estar, assine a newsletter da Omron para receber os nossos conteúdos exclusivos por e-mail!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *