Os rins também sofrem com a Hipertensão

Por ser considerada uma epidemia silenciosa, existe uma preocupação para esclarecer os malefícios da hipertensão. A pressão alta, é uma doença muito comum que acomete uma em cada cinco pessoas. Entre os idosos ela chega a atacar uma em cada duas pessoas. Também as crianças podem sofrer de pressão alta.
 
Mas o que a pressão alta tem a ver com a insuficiência renal?
A relação entre a hipertensão e a saúde dos rins é muito próxima. O que é acontece é que as artérias e arteríolas renais também são afetadas, resultando em perda progressiva da função excretora dos rins, o que leva ao aumento da pressão arterial.
 
A maioria dos hipertensos não apresenta nenhum sintoma no início da doença. A pessoa pode sentir dores de cabeça, cansaço, tontura e ter sangramentos pelo nariz. A única maneira de saber se a pressão está alta é aferi-la regularmente. Considera-se como pressão normal a que está igual ou menor que 130/80 mm Hg (13 por 8).
 
Entre os fatores que podem ser responsáveis pela hipertensão estão a hereditariedade, que pode estimular uma pré-disposição a doença; a idade; o peso, a obesidade é um fator de risco; além da falta de exercícios físicos; estresse; consumo de álcool; má alimentação com o excesso de sal e o tabagismo.
 
Também é preciso se atentar para um dos grandes vilões do organismo, o sal. Há muito tempo considerado como um dos condimentos principais para conservar alimentos e tempero onipresente na dieta cotidiana, hoje, se usado de forma excessiva, torna-se responsável por causar severos danos à saúde.
 
Os rins têm papel-chave no círculo vicioso em que o organismo entra a partir do consumo excessivo de sal. Com isso, os órgãos ficam com mais dificuldade para excretar o excesso de cloreto de sódio, provocando péssimas consequências para o organismo.
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *