O site Pressão Alta é um portal de conteúdo de saúde e bem estar.

pets ansiedade pressao alta

Ansiedade: a melhor terapia pode ser o seu pet

Você sabia que os animais podem ser uma grande terapia contra a ansiedade e até contra outros tipos de doenças?

Diversos estudos têm comprovado que sim, os animais domésticos tem um impacto extremamente positivo na vida das pessoas, sendo elas saudáveis ou não. 

E todos que tem um amigo de quatro patas em casa sabem bem como essa companhia é totalmente agradável e muito revigorante, trazendo benefícios a todos nós. 

Mas por que será que a companhia de um animal pode ajudar aqueles que passam por ansiedade ou até mesmo pela depressão? O que há de diferente na convivência com um animal de estimação?

Vamos agora entender um pouco mais sobre a ansiedade e saber como um cão ou gato podem ajudar muito a passar pelos momentos mais difíceis ou até mesmo vencer o problema. 

O que é a ansiedade?

A ansiedade é um problema de ordem psicológica que afeta cada vez mais e mais pessoas em todo o mundo, tornando-se um quadro de saúde relativamente comum. 

Esse problema faz então com que a pessoa afetada tenha situações e momentos de medo intenso e muitas vezes infundado ou exagerado. 

Além disso, os sintomas vão além do psicológico, e podemos citar, dentre eles:

  • Sudorese;
  • Palpitação; 
  • Náusea;
  • Vômitos;
  • Medo excessivo de situações cotidianas;
  • Isolamento social; 
  • Prejuízo das atividades laborativas; 
  • Falta de ar;
  • Sensação de morte iminente.

São diversos os sintomas da ansiedade e eles podem se manifestar de maneiras diferentes dependendo de cada pessoa e do quadro em que ela se encontra. 

Essa doença prejudica imensamente a vida normal da pessoa, fazendo com que vá aos poucos perdendo a vontade de realizar atividades simples por medo intenso.

A doença tem se tornado cada vez mais comum com o passar dos anos. O que preocupa a todos, já que a ansiedade tem um impacto negativo muito grande na vida das pessoas.

Como o seu pet pode ajudar a diminuir a ansiedade?

Sabemos que a ansiedade é uma doença e que precisa sim de terapia, acompanhamento médico e muitas vezes até mesmo necessita de medicamentos para ajudar a superar o problema. 

Mas você sabia que o seu pet pode ser uma terapia para ansiedade? Sabia que os animais podem sim ajudar e muito a diminuir os sintomas do problema e passar por crises com mais tranquilidade?

Existem vários estudos e pesquisas relacionados a isso que provam que a companhia de um pet é muito benéfica para pessoas que tem suas vidas impactadas negativamente pela ansiedade. 

Com um animal sob seus cuidados, a pessoa com ansiedade tem, portanto, uma companhia que a aceita da forma que é e que precisa de atenção e de cuidados. 

Muitos voltam a sair na rua para poder fazer pequenas caminhadas com seus pets, aumentando novamente a interação social e com o mundo exterior. 

Além disso, a sensação de ter alguém, no caso seu animal, que depende dos seus cuidados e que precisa de atenção, comida, passeios e carinho, cria a sensação de que se tem um motivo para realizar suas tarefas.

Sem contar com o fato de que os animais são sensitivos e concedem amor incondicionalmente aos seus donos. 

Você sabia que a adoção de pets aumentou 50% no ano de 2020? Muitas pessoas precisaram ficar mais reclusas por conta da pandemia. 

Isso fez com a companhia de um cão ou gato tivesse muito destaque, tendo esse papel de terapia contra a ansiedade e uma forma nova de conviver com outros seres.

Conclusão

Se você tem animais, sabe então o quanto eles são primordiais na nossa vida, garantindo nossa saúde mental e ajudando em nosso bem estar. 

Contra a depressão e ansiedade eles são ótimas terapias e nos ajudam a ver o mundo com outros olhos com muito mais leveza.

Se você tem ansiedade, saiba então que a melhor terapia será o seu pet! Deixe então seu comentário e vamos trocar experiências com outras pessoas que também tem animais de estimação. Não se esqueça de seguir a nossa página no Instagram clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *